Ola..

Seja bem-vindo, Obrigado por acessar nosso Blog.
Hoje é

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Diretoria da Anvisa aprova regulamento sobre rotulagem de alergênicos, embalagens terão de avisar sobre ingrediente alergênico

Anvisa decide que embalagens terão de avisar sobre ingrediente alergênico

Indústria alimentícia terá 12 meses para adaptar produção.
Decisão foi tomada nesta quarta durante reunião da Diretoria Colegiada


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quarta-feira (24) uma nova resolução que obriga a indústria alimentícia a informar no rótulo do produto se há presença dos principais alimentos que causam alergias alimentares.

A decisão foi tomada durante a reunião da Diretoria Colegiada, nesta manhã.

Segundo o regulamento, que abrange alimentos e bebidas, os rótulos deverão informar a existência de 17 alimentos: trigo (centeio, cevada, aveia e suas estirpes hibridizadas); crustáceos; ovos; peixes; amendoim; soja; leite de todos os mamíferos; amêndoa; avelã; castanha de caju; castanha do Pará; macadâmia; nozes; pecã; pistaches; pinoli; castanhas, além de látex natural.

De acordo com a Anvisa, os derivados desses produtos deverão trazer as seguintes informações no rótulo:
- Alérgicos: Contém (nomes comuns dos alimentos que causam alergias alimentares);
- Alérgicos: Contém derivados de (nomes comuns dos alimentos que causam alergias);
- Alérgicos: Contém (nomes comuns dos alimentos que causam alergias alimentares) e derivados.

Os fabricantes terão um ano para adequar as embalagens. Os produtos fabricados até o final do prazo de adequação poderão ser comercializados até o fim de seu prazo de validade.

A medida passa a valer assim que a resolução for publicada no Diário Oficial da União, o que deve acontecer nos próximos dias.

Segundo o diretor-relator da matéria, Renato Porto, esta demanda nasceu "fortemente da sociedade", o que fez com que toda a diretoria votasse unilateralmente pela regulamentação.

"A sociedade pode agora ter certeza que terá rótulos de produtos muito mais adequados, que vão dar a possibilidade do consumidor de escolher adequadamente seus produtos, dado que a melhor maneira de se prevenir [de uma crise alérgica] é evitando o consumo", explicou.

Ele afirma que a informação sobre os alergênicos virá logo abaixo da lista de ingredientes.

Fonte:

http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/menu+-+noticias+anos/2015/diretoria+da+anvisa+aprova+regulamento+sobre+rotulagem+de+alergenicos 

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2015/06/anvisa-decide-que-embalagens-terao-de-avisar-sobre-ingrediente-alergenico.html


quinta-feira, 4 de junho de 2015

Mineiros inventam aparelho de internet pela rede elétrica

Tecnologia já está pronta, mas falta prestador de serviço para ideia sair do papel

A-G3MUR

Avanço. Mineiro Moises Vidal Ribeiro liderou o grupo que criou tecnologia para acesso à internet via rede elétrica

Cada tomada da casa transformada em um ponto de aceso à internet de alta velocidade. É isso que promete o equipamento desenvolvido por um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Ganhador do terceiro lugar do Prêmio Mineiro de Inovação na categoria "Produto", o grupo criou uma tecnologia pioneira no Brasil que permite que os usuários tenham acesso à internet de alta velocidade e baixo custo pela rede elétrica.

"Funciona mais ou menos como uma TV a cabo. A empresa que fornece o serviço de internet libera o sinal para a rede de energia elétrica. Esse sinal passa pelos fios até a casa do usuário. Lá, ele vai precisar de um aparelho, ligado a qualquer tomada da casa, que vai permitir o acesso à internet em alta velocidade", explica Moises Vidal Ribeiro, que liderou a pesquisa.

O desenvolvimento da nova tecnologia foi iniciado em 2008 e teve a participação de mais de 70 pesquisadores. Com o apoio do Programa de Incentivo à Inovação, desenvolvido pelo Sebrae Minas e pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes), os pesquisadores transformaram a pesquisa em uma oportunidade de negócio.

Eles criaram a empresa Smarti9, que desenvolve, além de novas tecnologias Power Line Communication (PLC), soluções focadas na área de redes elétricas inteligentes.

VELOCIDADE. Uma das vantagens da internet via rede elétrica é a qualidade do sinal. O equipamento desenvolvido permite uma conexão de até 450 Mbps/s.

"Conseguiríamos facilmente uma velocidade de 20 Mbps/s, que já seria melhor que a velocidade convencional que varia entre 5 Mbps/s a 10 Mbps/s, e dependendo da região pode ser ainda menor", conta.

Com a taxa de transmissão elevada, o aparelho possibilitaria o uso da tecnologia não somente nas residências como também nos setores industriais, navais, ferroviários e petrolíferos, já que não exige grandes investimentos para implantação, e o custo da infraestrutura é bastante reduzido, por utilizar os próprios cabos de energia já instalados.

O protótipo do modem já está pronto, porém os pesquisadores ainda buscam investidores para colocar o produto no mercado. Outro entrave é que, apesar de a internet via rede elétrica ser regulamentada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), ainda não existem prestadoras deste serviço no Brasil.

Reconhecimento

AvançoO Prêmio Mineiro de Inovação é uma iniciativa da Câmara Italiana de Comércio de Minas Gerais, que tem como objetivo o reconhecimento de ideias que contribuam para o avanço do conhecimento.



Ministra da Agricultura diz que defesa agropecuária é prioridade de sua gestão

(Reuters) - A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, afirmou nesta quarta-feira que a defesa agropecuária é prioridade "número um" de sua gestão, durante o lançamento de um plano para o setor.

Kátia Abreu disse que O novo programa de defesa agropecuária prevê simplificação de processos, incluindo o fim de sobreposições de tarefas entre Estados e municípios, entre outras ações de "desburocratização".

Consultoria homologação INMETRO balança gado caprinos ovinos ECK

ECK prestou consultoria  visando reprojetar  balança  de gado, caprinos e ovinos prepara-lo homologação INMETRO.

No inicio deste projeto um dos problemas que enfrentamos foi refazer totalmente o hardware de maneira a proteger contra testes de descarga elétrica e interferência eletromagnética e manter uma alta confiabilidade e precisão no seu sistema de pesagem ao mesmo tempo tínhamos que impedir que o sistema gera-se interferência eletromagnética conduzida ou radia, conforme requisitos da norma.Desenvolvimento Projeto Balança de Gado
As placas de circuito impresso foram reprojetadas usando técnicas de EMI e EMC, bem como um cuidadoso estudo de distribuição de fontes de alimentação e filtros de maneira a proteger todos a balança.

Inmetro sistema de homologação Foram muitos testes em laboratório interno do cliente e externo de maneira a minimar possíveis erros no projeto e falhas de software.

Muitas versões foram geradas e descartadas até atingir um bom desempenho que assegurou o processo de homologação.

A balança de gado caprinos e ovinos tem uma característica diferente das que encontramos na Europa e USA devido ao esses animais serem criados soltos tornam-se mais ariscos e com isso ficam irrequietos na balança que exige um sistema complexo de filtros para se obter uma boa medida de pesagem.Sistema de contenção gado para pesagema

Sistema de pesagem de gado consultoria ECKAlem do problema do ambiente ser completa inóspito para dispositivos eletrônicos e sensores que leva a necessidade de uma robustez  no projeto, tanto mecânico como eletrônico.

Ovinos


Ovinos
Atualização diária 4 de junho de 2015
WEB
estratégias eletrolíticas para controle do estresse por calor em ovinos
VI CONCCEPAR. Palestras, minicursos, mesas redondas em diversas áreas de atuação profissional. Um espaço aberto para o conhecimento!
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Ovinos ovelhas texel, ile, sulfok cruza prenhes
25 ovelhas cruza prenhes de texel PO, ótima sanidade, prolificidade, e pesadas. Previsão de parto para agosto. Localização: rio pardo/passo do ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
São Paulo
A maior oferta foi de ovinos Dorper, com 38 exemplares à média de R$ 556,00. A oferta foi composta exclusivamente por fêmeas, com 37 animais ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Ovinos Dorper
Liquidação de plantel, vendo animais mestiços e PO, xexelento pedigree Buria, campo verde, boa vontade, Lcb entre outros. Whatszap (82) ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Veja+
Prezado associado, em função de manutenção agendada do servidor da nossa entidade informamos que não haverá expediente externo ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Consultoria homologação balança gado caprinos ovinos ECK
A balança de gado caprinos e ovinos tem uma característica diferente das que encontramos na Europa e USA devido ao esses animais serem ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Embrapa coloca em debate se agropecuária é consumidora ou conservadora de água


Na Expoagro, a Embrapa debate o uso de tecnologias disponíveis para o homem do campo para conservação da água. Também participa de eventos sobre cana-de-açúcar e ovinocultura

Afinal, a agropecuária consome ou conserva a água utilizada em seus processos de produção? A resposta para essa pergunta ainda é controversa no setor envolvido diretamente nessa atividade – produtores rurais, pesquisadores, profissionais da Assistência Técnica (ATER), professores e acadêmicos – assim como a sociedade em geral.

Para dar continuidade a esse debate, a Embrapa Agropecuária Oeste – Unidade de Pesquisa da Embrapa em Dourados, MS -, leva essa discussão à 51ª Expoagro, Feira Agropecuária de Mato Grosso do Sul, no dia 19 de maio, terça-feira, na parte da manhã. Por isso a participação do público urbano neste Painel "Agropecuária: consumindo ou conservando água?", inclusive da mídia, é essencial para colocar elementos do ponto de vista  das cidades para que haja reflexão, dúvidas, críticas e sugestões.

A Unidade da Embrapa em Dourados apresentará o que tem sido pesquisado para a conservação da água no sistema de produção. Os três temas escolhidos estão integrados e seguem o seguinte roteiro: os pesquisadores Carlos Ricardo Fietz,  dará o enfoque para "O Clima e a oferta de água na região sul de Mato Grosso do Sul", a partir das 8h15; Júlio Salton, falará sobre " Sistemas agropecuários, uso e produção de água"; e Danilton Luiz Flumignan, colocará em questão o "Uso de água no meio rural: Parar? Continuar? Aumentar?".

Em seguida, haverá um debate com a presença de Paulino Barroso Medina Júnior, professor da UFGD e membro do Comitê Gestor do Programa Biota-MS e do Conselho Curador da Fundação Neotrópica do Brasil; Dirson Freitag, engenheiro agrônomo e presidente do CREA-MS, Rubens de Souza André, gestor de bacias hidrográficas da ITAIPU BINACIONAL; e o pesquisador Guilherme Lafourcade Asmus, chefe geral da Embrapa Agropecuária Oeste. O moderador do debate será o pesquisador, Milton Parron Padovan, supervisor do Setor de Prospecção e Avaliação de Tecnologias da Embrapa Agropecuária Oeste.

A realização do Painel é da Embrapa Agropecuária Oeste e do Sindicato Rural de Dourados.

Embrapa em mais eventos

Seminário Sucroenergético - Na tarde de 19 de maio, a Embrapa Agropecuária Oeste participa do 4º Seminário Sucroenergético, realizado pela Biosul, Embrapa Agropecuária Oeste, Uems, UFGD e Sindicato Rural.

A partir das 13h30, o professor da UFGD Cristiano Marcio Alves de Souza, iniciam-se os trabalhos, explicando o que é a Rede de Pesquisa e Inovação para o Setor Sucroenergético de MS (Rede Inovacana). Em seguida, o professor Laercio Alves de Carvalho, da Uems, falará sobre a participação da Universidade na Rede Inovacana. Já o pesquisador da Embrapa, José Rubens de Almeida Leme Filho, vai ministrar a palestra sobre as ações da Embrapa em pesquisa e transferência de Tecnologia para o setor sucroenergético em Mato Grosso do Sul.

Simpósio de Ovinocultura - Neste ano, o 8º Simpósio de Ovinocultura está sendo realizado pela Embrapa Agropecuária Oeste, UFGD e Sindicato Rural de Dourados. O tema é "Cadeia produtiva  da ovinocultura – da produção à comercialização com foco na qualidade".

O evento começa às 7h30 de 21 de maio, quinta-feira. A primeira palestra será ministrada pela pós-doutoranda do PPZ, da UEM, Ana Guerrero Barrado, seguida pela palestra "Alternativas para conviver com a verminose no rebanho", de Fernando Alvarenga Reis, pesquisador da Embrapa Caprinos e Ovinos. Por último, antes da mesa-redonda, a pesquisadora da Embrapa Gado de Corte, Fabiana Villa Alves, ministrará o tema "Bem-estar na produção de ovinos".

A moderadora do debate será a pesquisadora Marciana Retore, da Embrapa Agropecuária Oeste, que atua na área de Manejo Animal, com ênfase em ovinocultura.

Embrapa: A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) foi criada em 26 de abril de 1973 e é vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Desde a nossa criação, assumimos um desafio: desenvolver, em conjunto com nossos parceiros do Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária (SNPA), um modelo de agricultura e pecuária tropical genuinamente brasileiro, superando as barreiras que limitavam a produção de alimentos, fibras e energia no nosso País.

    ENCONTRO SOBRE OVINOCULTURA MOVIMENTA SETOR

    Ovinocultores de todo o país participaram ontem do 1º Encontro Mercadológico de Incentivo à Ovinocultura/Floresta, promovido pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), em parceria com a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) e a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP).

    Com uma programação de palestras, apresentação de casos de sucesso, debates e degustação, o evento buscou apresentar aos produtores inovações tecnológicas que podem ser utilizadas como referências técnicas para a maior eficiência e sustentabilidade na cadeia produtiva de ovinos. A intenção também foide apresentar e discutir algumas iniciativas para o desenvolvimento da cadeia produtiva de ovino no Paraná.

    Semana Mundial do Meio Ambiente

    Fonte: Embrapa Informação Tecnológica

       

    ____________________________________________________________________________
    Aviso de confidencialidade.

    Esta mensagem da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), empresa pùblica federal regida pelo disposto na Lei Federal no. 5.851, de 7 de dezembro de 1972, é enviada exclusivamente a seu destinatário e pode conter informações confidenciais, protegidas por sigilo profissional. Sua utilização desautorizada é ilegal e sujeita o infrator às penas da lei. Se você a recebeu indevidamente, queira, por gentileza, reenviá-la ao emitente, esclarecendo o equívoco.

    Confidentiality note

    This message from Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a government company established under Brazilian law (5.851/72), is directed exclusively to its addressee and may contain confidential data, protected under professional secrecy rules. Its unauthorized use is illegal and may subject the transgressor to the law's penalties. If you are not the addressee, please send it back, elucidating the failure.



    _______________________________________________
    Sct.vendas-l site list
    Sct.vendas-l@embrapa.br
    http://servlistas.sede.embrapa.br/mailman/listinfo/sct.vendas-l

    quarta-feira, 3 de junho de 2015

    Acre pede mais tempo para vacinar rebanho contra febre aftosa

    Mais de um milhão de cabeças de gado ainda não foram imunizadas no estado
    Mais de um milhão de cabeças de gado, no Acre ainda não foram vacinadas contra a febre aftosa. O estado aguarda autorização do Ministério da Agricultura e Agropecuária para prorrogar a campanha de imunização por mais 15 dias.
     
    Também são destaques do Jornal da Amazônia 1ª Ediçãodesta quarta-feira (3):
    - A Polícia Federal deflagrou, nessa terça-feira(2), a Operação Cerberus que investiga desvio de recursos públicos de convênios e programas sociais em Mirante da Serra(RO);
    - O valor do Plano Agrícola e Pecuário 2015/2016 aumentou em 20%.
     
    O Jornal da Amazônia 1ª Edição vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h50, na Rádio Nacional da Amazônia, uma emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

    Bahia Farm Show 2015 começa nesta terça-feira

    A maior feira de tecnologia agrícola e negócios do Norte-Nordeste brasileiro terá início nesta terça-feira, 02 de junho, as 10h da manhã.  O Sistema Faeb/Senar estará presente no evento com a Casa do Homem do Campo, que tem passado com sucesso pelas feiras e exposições agropecuárias do estado. A cerimônia de abertura, contará com a presença do Superintendente Adjunto do Senar Bahia Geraldo Machado, que estará representando o presidente do Sistema Faeb/Senar, João Martins da Silva Junior, e do presidente da feira e da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Júlio Cézar Busato. Também estarão presentes prefeitos da região oeste, secretários estaduais e municipais, representantes das instituições financeiras e agricultores de todo o Matopiba. A expectativa é que até o dia 6 de junho 75 mil pessoas, passem pelo Complexo Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães. 

     
    A região do Matopiba, que compreende a área produtiva das divisas dos estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia é responsável por cerca de 10% da produção brasileira de grãos, e segundo a organização do evento, estes agricultores terão na feira a oportunidade de renovar seus maquinários. A aposta está nos segmentos de maquinas, irrigação, aviação e armazenagem.

    A Bahia Farm Show que também está no ranking das três maiores do Brasil em volume de negócios tem ainda como ponto forte a troca de informações sobre temas relacionados ao agronegócio. Mais de 30 palestras, seminários e mesas redondas com temas ligados à sustentabilidade, novas tecnologias e produção agrícola do Oeste da Bahia estarão nas pautas das discussões. O Fórum do Canal Rural, marcado para as 14h do de amanhã, 02, abordará o tema "Crédito e Financiamento para o Agronegócio".
     
    O leilão de gado de corte, outro evento já consolidado na Bahia Farm Show traz, para a edição 2015, a novidade de ser planejado e realizado pela própria equipe da feira. A nova marca, Bahia Farm Show Pecuária, agrega força e solidez ao evento, agendado para 05 de junho, às 14h, véspera do encerramento da feira. Serão leiloados 400 bezerros.
     
    A Bahia Farm Show é realizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com o apoio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia Ltda (Assomiba), Fundação Bahia e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.
     
    Serviço:
    Bahia Farm Show 2015
    Data: 02 a 06 de junho de 2015
    Horário de funcionamento: 9h às 19h
    Local: Complexo Bahia Farm Show: BA 020/242, km 535 - Luís Eduardo Magalhães – Bahia
    www.bahiafarmshow.com.br

     Fonte: Ascom do Sistema Faeb/Senar:

    Produção e consumo de orgânicos serão incentivados durante todo o ano


    Produção e consumo de orgânicos serão incentivados durante todo o ano


    A 11ª Semana dos Alimentos Orgânicos terminou nesse final de semana.  Mesmo com o encerramento, a campanha para a divulgação dos alimentos orgânicos continua durante todo o ano, com o objetivo de mostrar à população quais são as bases do sistema de produção orgânica e os benefícios desses produtos para a saúde e o meio ambiente.

    Este ano, a semana foi realizada em 21 estados – Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins – e no Distrito Federal. Em todas essas unidades federativas, foram realizados cursos, palestras e feiras de alimentos orgânicos, a fim de oferecer informações aos consumidores sobre os produtos orgânicos, onde encontrá-los e como são produzidos. A proposta da Semana dos Orgânicos foi a de divulgar para a população os benefícios ambientais, sociais e nutricionais desses produtos.

    O encerramento oficial ocorreu nesse domingo (31), no Jardim Botânico de Brasília, quando houve degustação de produtos derivados do pequi e chás com ervas do cerrado e oficina de arranjos e paisagismo com espécies da região, além de palestra sobre o potencial do pequi na gastronomia e ação de prevenção a incêndios florestais.

    Ações integradas

    Também foram lançados os primeiros cadernos do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para a Biodiversidade (Probio II), desenvolvido pelo Mapa e pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). O conteúdo desses cadernos tem o intuito de reduzir a possibilidade de possíveis conflitos de entendimento com relação às boas práticas adotadas para espécies de expressão econômica e ambiental para os biomas brasileiros, utilizadas no processo extrativista sustentável.

    A 11ª Semana dos Orgânicos contou com diversos parceiros, como a Secretaria-Geral da Presidência da República, o Ministério da Pesca e Aquicultura, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério da Saúde, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Ministério da Educação, Ministério da Fazenda e a Biodiversidade para a Alimentação e Nutrição (BFN).

    Mais informações para a imprensa
    Assessoria de Comunicação Social
    (61) 3218-2204/2203
    Rossana Gasparini

    rossana.magalhaes@agricultura.gov.br

     

    CP CRV Lagoa 2014: inscrições prorrogadas até 10 de junho


    CP CRV Lagoa 2014: inscrições prorrogadas até 10 de junhoEstão abertas as inscrições para o maior e mais completo teste de performance do Brasil. O Centro de Performance CRV Lagoa 2014 chega à oitava edição com a participação de machos e fêmeas das raças taurinas e zebuínas, gerando oportunidade de negócio para criadores e agregando valor à comercialização.


    Podem participar animais nascidos entre 1º de agosto e 30 de novembro de 2013, necessariamente PO controlados e registrados na respectiva associação. As inscrições vão até 10 de junho. A recepção dos animais no Confinamento Savegnago, em Sertãozinho (SP), será entre 09 e 20 de junho. Ao final da prova, será realizado o tradicional leilão dos classificados até 
    Top 30%.

    Até o início da edição do ano passado, o CP havia realizado nada menos que 20.744 pesagens, incluindo 10.180 medidas de Circunferência Escrotal (CE). Neste banco de dados consta um total de 5.186 animais de 20 raças diferentes, pertencentes a 734 criadores.

    O Índice de Seleção CP específico para cada raça é formado pelas seguintes características: peso, ganho médio diário, perímetro escrotal, qualidade de carcaça (avaliação por ultrassonografia) – AOL (Área de Olho de Lombo), EGS (Espessura de Gordura Subcutânea) e MARM (Marmoreio) -, avaliação por escores visuais (conformação, precocidade, musculosidade, umbigo e temperamento) e morfologia.

    O CP CRV Lagoa também é uma grande fonte de genética para a bateria da CRV Lagoa: mais de 50 touros oriundos da avaliação integram o portfólio da Central, entre eles Imperador (Nelore), Terrantes (Nelore Mocho), Emiliano (Guzerá), Honda (Red Angus), S2 New Design (Aberdeen Angus) e Iporá (Senepol), entre outros.

    Um dos diferenciais do trabalho realizado pelo CP, cuja equipe técnica é formada por integrantes do departamento de Corte da CRV Lagoa e da Gensys (avaliação genética) é a mensuração da eficiência alimentar por meio do Grow Safe System, que fornece informações complementares aos índices de seleção, como o consumo individual de alimentos, proporcionando uma medida precisa sobre o custo e a eficiência de crescimento dos animais. A adesão aos testes realizados pelo sistema é voluntária.

    O controle da dieta é rigoroso para que o potencial produtivo seja evidenciado, considerando-se a integridade fisiológica e funcional dos animais avaliados, uma vez que eles representam a elite de cada um dos rebanhos participantes. A assessoria nutricional é realizada pela Coan Consultoria.

    Para o criador, o valor do 
    investimento para assegurar a participação na edição 2014 poderá ser parcelado em seis vezes de R$ 325,00 (por animal). Já o valor da adesão para avaliação no GrowSafe é de R$ 240 (por animal).

    Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 2105-2234, pelo e-mail cp@crvlagoa.com.br ou pelo site www.crvlagoa.com.br.

    Sobre a CRV Lagoa
    Instalada em Sertãozinho, região nordeste do Estado de São Paulo, a empresa faz parte desde 1998 da CRV, cooperativa belgo-holandesa de melhoramento genético com 140 anos de história. Com sede na Holanda, a CRV está presente na África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Luxemburgo, Nova Zelândia e República Tcheca e conta com representantes em mais de 50 países.

    Maior central de genética bovina da América Latina, a CRV Lagoa oferece, desde 1971, sêmen convencional e sexado de touros nacionais e importados, programas de melhoramento genético para rebanhos de corte e leite como o PAINT e o Gestor Leite, além de serviços como o Centro de Performance, Ensino Avançado, CRV Lagoa Embryo, Insemina Fácil, entre outros. Mais informações: www.crvlagoa.com.br.


    Fonte: assessoria Crv Lagoa 

    Seminário Soja Plus terá edição na Bahia após parceria entre Senar e Banco do Brasil


    Com o objetivo de contribuir para a conservação dos recursos naturais, a governança das atividades produtivas e o bem estar social de trabalhadores, produtores rurais e comunidades locais, o Soja Plus foi concebido para estimular a produção sustentável segundo requisitos de desempenho ambientalmente corretos, socialmente justos e economicamente viáveis adequados à realidade brasileira. Criado há quatro anos, o projeto agora chega ao estado baiano, depois de uma parceria firmada entre o Senar Bahia e o Banco do Brasil, sendo promovido pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA) e a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE).

    O Primeiro Seminário Soja Plus na Bahia, acontecerá no dia 17 de junho, das 19h às 21h, em Luis Eduardo Magalhães. "A participação do produtor rural do Oeste Baiano no Seminário Soja Plus na Bahia é muito importante, porque é uma oportunidade de se entrosar com as atividades do programa, entre elas cursos, palestras, dias de campo, assistência técnica individual de supervisores de campo nas fazendas e entrega de materiais: manual de compilação da legislação social e ambiental; manual sobre o novo Código Florestal; plano de emergência da propriedade; kit com placas de sinalização sobre saúde e segurança e blocos de controle de entrega de EPI (Equipamento de Proteção Individual)", ressaltou Bernardo Pires, diretor de sustentabilidade da ABIOVE, Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais, uma das instituições criadores do Soja Plus.

    As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na seção "contatos" do site www.sojaplus.com.br, ou pelo telefone da AIBA (73) 3613-8039. 

    Fonte: ASCOM Senar Bahia com informações do AGROLINK

    Seminário de Contabilidade Rural chega a Santo Antônio de Jesus

    Com o objetivo de capacitar formandos do curso de Ciências Contábeis e profissionais da área em relação às atividades rurais, o Sistema Faeb/Senar criou, em parceira com o CRC-BA e com instituições de ensino superior (IES) de todo o estado, o Seminário de Contabilidade Rural. Desde a sua primeira realização, o seminário já percorreu as cidades de Alagoinhas, Itamaraju e Teixeira de Freitas, sempre com as inscrições esgotadas. A próxima edição do evento vai ser realizada em Santo Antônio de Jesus, no dia de 10 junho, no auditório do Parati Palace Hotel.

    "Nos últimos anos a nossa economia tem sido sustentada pelo agronegócio. É o segmento que mais tem crescido, e muitas vezes os estudantes de ciências contábeis desconhecem a possibilidade que tem de atuar nessa área, onde os produtores rurais cada vez mais demandam de profissionais qualificados", explicou Carine Magalhães, gerente administrativa e financeira do Senar Bahia.

    Os interessados devem fazer suas inscrições no site do Senar Bahia (clicando na aba "Seminário"), ou através do telefone (71) 3415-3122. Todos os participantes receberão certificado e as vagas são limitadas. 

    SERVIÇO: Seminário de Contabilidade Rural

    ONDE: Auditório do Parati Palace Hotel - Rua Landulfo Alves, 134, Santo Antônio de Jesus

    QUANDO: 10 de Junho de 2015

    INSCRIÇÕES: No site www.senarbahia.org.br (clicando na aba "Seminário")

                          Tel – (71) 3415-3122

    Experiências de Agricultoras/es fortalecem a proposta de Convivência com o Semiárido


    Experiências de Agricultoras/es fortalecem a proposta de Convivência com o Semiárido

    Nos últimos anos, as políticas públicas voltadas para a Convivência com o Semiárido vêm trazendo mudanças para as famílias sertanejas. As tecnologias sociais, a assessoria técnica são algumas das conquistas dos/das agricultores/as de Campo Alegre de Lourdes (BA).

    Dona Maria Batista de Amorim, moradora do Sítio Antoninho, interior de Campo Alegre de Lourdes, é uma dessas agricultoras, que desde o ano passado vêm sendo assessorada pelo Irpaa, através da Assessoria Técnica e Extensão Rural – Ater. Durante esse período, a agricultora participa de espaços de troca de conhecimento, atividades coletivas, dia de campo, visitas técnicas individuais em sua propriedade, além de receber o fomento, que é investido em um caráter produtivo familiar.

    Para Dona Maria Batista, as orientações e informações adquiridas ao longo do projeto, tem contribuído na melhoria de suas atividades, como o cuidado com as galinhas e o quintal produtivo. "Antes a gente criava as galinhas soltas, só dava os remédios quando elas adoecia … hoje não, ele [técnico] tem nós orientado, a sempre dar os remédios …. é remédios como a raspa de pau-ferro, raspa do umbu, da aroeira, tudo isso eu faço", destaca a agricultora. Ela ainda comenta, que tem utilizado o adubo orgânico na sua horta,"tenho aproveitado tudo que a Caatinga oferece pra gente". Dona Maria afirma que essas mudanças ajuda na segurança alimentar da família.

    Outro exemplo de superação é o do agricultor Etivaldo Costa Damacedo, morador da Cacimba da Vaca. O agricultor relembra o período que precisou deixar seu sítio e ir para São Paulo, devido a um problema de saúde de sua esposa. "Você vai pra lá, não tem estudo e vai trabalhar na construção civil, vai trabalhar pesado, vai ser mandando … e vai ganhar uma mixaria", afirma. Hoje, ele diz que trabalha no que gosta, que é a lida na roça, criando cabras e ovelhas, cultivando hortaliças, e que a vida na região tem melhorado, com a acesso a água, através da cisterna e da assessoria técnica.

    Seu Etivaldo diz ter o desejo de trabalhar com o beneficiamento do leite da cabra e de frutos da Caatinga. "Aqui tem muito umbu, a gente perde tudo, a gente não sabe como guardar, quando cai do pé de umbu se acabou". O beneficiamento, associativismo, cooperativismo, são algumas das temáticas que a comunidade expõem para ser trabalhada nas atividades coletivas no decorrer do projeto. A comunidade de seu Etivaldo já começou a dar o primeiro passo na organização social, que é a criação da associação, "ainda estamos nos primeiros encontros", pontua o agricultor.

    A história de Dona Maria e Seu Etivaldo não é a única, poderia ser de outros agricultores e agricultoras que tem acreditado na Convivência com o Semiárido como meio de transformação social. Entretanto, é preciso garantir cada vez mais políticas públicas, que atenda as peculiaridades e especificidades de cada região, a exemplo do acesso a terra em tamanho apropriado, universalização da água, acesso aos mercados de comercialização, direito a informação e a comunicação, entre outros elementos.

    Texto : Comunicação Irpaa

    Foto: Waldemar Negreiros- Colaborador do Irpaa

    Agritempo: novo app ajuda produtor a tomar decisões, Tecnologia e Manejo 02/06

    Agritempo: novo app ajuda produtor a tomar decisões

    Agritempo: novo app ajuda produtor a tomar decisões

     

    Vontade de todo produtor rural é saber previamente, desde o preparo da terra até a colheita da lavoura, quais são as condições climáticas e a previsão do tempo de sua região, em tempo real. O que parecia praticamente impossível acaba de virar realidade, graças a uma ferramenta criada pela Embrapa Informática Agropecuária (SP) e parceiros: o Agritempo.

    O Sistema de Monitoramento Agrometeorológico foi desenvolvido em um aplicativo para celulares android, que traz informações sobre o clima e previsões meteorológicas ao toque dos dedos. Anteriormente, a solução estava disponível apenas na internet.

    O Agritempo fornece informações fundamentais para o trabalho no campo, como chuvas, disponibilidade de água no solo, mapas de estiagem, temperaturas máximas e mínimas e previsão do tempo. Todos os dados correspondem à região ou Estado, em tempo real.

    De acordo com a pesquisadora Luciana Alvim Santos Romani, o app para sistema android foi desenvolvido no período de seis meses, incluindo uma etapa de validação com representantes das classes de usuários, antes de deixá-lo disponível na Play Store do Google.

    "Como o aplicativo permite que o usuário acesse os mapas do eEstado onde está usando o celular, por meio do GPS e também define os Estados que deseja visualizar diretamente no menu do aplicativo, o produtor pode facilmente monitorar várias localidades com informações meteorológicas e agrometeorológicas de monitoramento e de previsão do tempo. Assim, poderá usar o app para tomar decisões sobre a hora mais apropriada para irrigar, aplicar defensivos, preparar a colheita entre outras", explica.

     

    RISCOS

    Segundo Luciana, o Agritempo também fornece informações sobre risco de geada para os Estados da região Centro-Oeste, Sudeste e Sul do País.

    "O funcionamento é muito simples, baseado em mapas. Para usar o aplicativo, o usuário pode definir o Estado do país que deseja informações ou habilitar a função GPS do celular para que o app mostre as informações para o local onde ele está. O sistema apresenta cinco ícones na primeira página que dão acesso a mapas de monitoramento, previsão, índice de seca, histórico de chuvas e geada", informa.

    Ela ainda acrescenta que existe uma tela de ajuda para cada mapa, que o usuário pode usar para ajudá-lo a interpretar melhor as informações. "O sistema atualiza os mapas sempre que o usuário se conecta a internet. Caso não esteja conectado, ele pode ver os últimos mapas que foram visualizados."

    Conforme Luciana, uma vez que o usuário consiga acessar a rede de telefonia ou qualquer outra rede wifi para instalar o aplicativo, ele só precisará atualizar as informações uma vez por dia.

    "Desta forma, não seria impossível usar o serviço, mas é claro que se a rede não for de qualidade, tanto a instalação quanto a atualização das informações ficam prejudicadas, não só para o Agritempo, mas para qualquer outro aplicativo."

    Em breve, o app vai oferecer mapas temáticos para alertas específicos indicativos de previsão de geada, risco de pragas e doenças, época de início de safra, entre outras informações relevantes para o agronegócio brasileiro.

    O SISTEMA

    De acordo com a Embrapa Informática Agropecuária, o Sistema de Monitoramento Agrometeorológico Agritempo foi criado em 2002 como um serviço disponível na internet. No ano passado, foi aperfeiçoado, com a implantação de recursos como os mapas climáticos que, por meio de um sistema de informações geográficas na web (WebGIS), podem ser baixados pelo computador para a realização de análises específicas.

    Foi desenvolvido por meio de uma parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura da Universidade Estadual de Campinas (Cepagri/Unicamp), com participação de vários centros de pesquisa do órgão.

    Para construir sua base de dados foi formada uma rede envolvendo cerca de 40 organizações parceiras. O sistema organiza e administra dados de um conjunto de mais de 1,4 mil estações meteorológicas espalhadas por todo o Brasil, com mais de 60 milhões de registros diários com dados de monitoramento e previsão, como temperatura mínima, máxima e chuva.

     

    Por equipe SNA/RJ

    terça-feira, 2 de junho de 2015

    Informativo Agron 137 - Estudo prevê extinção do sexo masculino

    Fonte: Agron Agronegócio 

    NOTÍCIAS
    O Portal Agron acaba de disponibilizar as edições mais recentes da Revista Agron. Aproveite, o acesso a versão online é gratuito!
    Edição de maio conta com os trabalhos científicos apresentados no CNAGRO 2015.
    + Notícias

    El Niño pode afetar produção de açúcar no Brasil.

    Chuvas durante o inverno prejudica a colheita da cana.

     +  LEIA MAIS!

    Madeira fomenta negócios com biomassa em MS.

    Mato Grosso do Sul tem um grande potencial nesse setor.

     +  LEIA MAIS!

    Baixa potência elétrica restringe atividades no campo.

    Carente de potência, a rede de energia elétrica do interior não acompanha o desenvolvimento do campo.

     +  LEIA MAIS!

    + Notícias

    2ª edição do CNAGRO reuniu profissionais do agronegócio em três dias de atividades.

    CNAGRO 2015 reuniu em Dourados - MS, agricultores, pecuaristas, técnicos, gestores, pesquisadores e alunos para mais de 30 atividades.

     +  LEIA MAIS!

    Irrigação por gotejamento revoluciona produção de arroz.

    Agricultura tem sido questionada por ser responsável por alto consumo de água.

     +  LEIA MAIS!

    CURIOSIDADES
    Confira no Agron as principais curiosidades e novidades que acontecem no mundo.
    + Curiosidades

    Casa mais cara do mundo está sendo construída em LA.

    A mansão possuirá mais de 9.200 metros quadrados.

     +  LEIA MAIS!

    Quais filtros que rendem mais 'likes' em fotos.

    Aprenda a valorizar suas fotos nas redes sociais.

     +  LEIA MAIS!

    Oito fatores que atrapalham a vida sexual.

    Sexo pode trazer inúmeros benefícios para a sua saúde.

     +  LEIA MAIS!

    + Curiosidades

    Estudo prevê extinção do sexo masculino.

    Cromossoma Y apresenta muita fragilidade.

     +  LEIA MAIS!

    Pandas não são bons em digerir bambu.

    Dieta dos pandas é composta em 99% por bambu.

     +  LEIA MAIS!

    Veja mais cotações agropecuárias Coloque no seu site
    Fonte: CEPEA.
    Açúcar Algodão Arroz Bezerro Boi Café Milho Soja
    Acesse gráficos e tabelas com cotações agropecuárias atualizadas das principais commodities.
    METEOROLOGIA
    Veja como deverá estar o clima na sua região nos próximos dias. Previsão do tempo, para todo o Brasil, atualizadas diariamente.
    OPORTUNIDADES

    Oportunidade para Engenheiro Agrônomo ou Engenheiro Agrícola para atuar em SP.

    Desejável pós-graduação nível especialização ou MBA.

     +  LEIA MAIS!

    Oportunidade para Médico Veterinário para atuar no RS.

    Desejável experiência prévia no setor de linha Pet.

     +  LEIA MAIS!

    Oportunidade para Médico Veterinário ou Zootecnista para atuar em SP.

    Necessário disponibilidade para viagens, inclusive internacionais.

     +  LEIA MAIS!

    HUMOR E DIVERSÃO
    Aqui você encontra o melhor do humor, gargalhadas garantidas ou o seu dinheiro de volta!
    EVENTOS E LAZER
    Saiba quando vai acontecer e o que rolou nos maiores e melhores eventos do agronegócio brasileiro.

    Leilão Katayama 2015.

    Leilão Katayama colocará à venda 500 touros Nelore em Guararapes - SP.

     +  LEIA MAIS!

    MÚSICA
    Nesta seção do Agron você encontra os maiores sucessos e os últimos lançamentos do mundo da música. Confira!
    Música, vídeo e tradução de "Waiting For Love" de AVICII.
    Fotos incríveis do Salão de Genebra em 2015.
    GASTRONOMIA
    As melhores dicas sobre gastronomia você encontra aqui! Receitas para todas as ocasiões, das mais fáceis até as mais requintadas.

    Empadinha de linguiça, recheada com ovo e queijo.

    Confira esta receita completa no Portal Agron.

     +  LEIA MAIS!

    Batata recheada com bacon.

    Confira esta receita completa no Portal Agron.

     +  LEIA MAIS!

    Cadastre-se aqui e receba a nossa Newsletter

    Agradecimento

    Foram muitas as horas que passamos elaborando, estudando e sonhando para criar a “ONG AIAS”. Durante este tempo, muitas pessoas estiveram envolvidas até que nós chegássemos a um resultado final; porém, não é fácil ter as palavras corretas para mostrar-se grato a todos os envolvidos. Estejam certos de que a felicidade que estou sentindo por estarmos unidos é muito grande. Você só poderá encontrar a felicidade quando souber fazê-la nascer de dentro de seu coração, quando aprender a ajudar a todos indistintamente, com suas ações, suas palavras e seus sentimentos.

    Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a “Deus” pelo descanso da noite e pela claridade da manhã, e que esteve sempre ao nosso lado nos dando forças para continuar trabalhando e não desanimar nas horas difíceis.

    Em segundo lugar, gostaria de agradecer a minha esposa, companheira e amiga, Marli, pela paciência que teve e pelo perdão pelas horas que não lhe dediquei, pois foram consumidas neste trabalho, e pelo amor que me dedica em todos os momentos de sua vida.

    Aos meus familiares adoráveis, em especial a minha mãe (Mariana), irmã (Solange), avós paternos e maternos, a minha querida sogra Cota (Dona Celina) e o meu sogro Bia (Sr. Bienor, o meu querido Bia), fontes principais do entusiasmo na elaboração e criação desta associação. É preciso não pensar na idade, mas vivê-la; saber ser feliz é preciso, antes de tudo, encontrar a paciência, suprir a necessidade da mente, em busca do dia-a-dia na consciência de entender que um dia você pode lutar para vencer, mesmo que antes já tenha sido derrotado, mas sem nunca perder as esperanças.

    Porque o comodismo é a injustiça da liberdade, que provoca o transtorno, e o desamor à condição de caminhar pela paz.

    E a vida é todo o espaço de tempo que temos para pensar no momento em que estamos conscientes do que fazemos em benefício do amanhã pela Caprinocultura e Ovinocultura.

    A todas as pessoas da “ONG AIAS - Caprinos & Ovinos”, aos diretores, conselheiros, amigos, pessoas que colaboram diretamente ou indiretamente, ao meu Compadre e grande Amigo Everson Soares de Oliveira o Sonn, obrigado, para o sucesso desta associação, para que este material chegue até você, nosso muito obrigado.

    “O maior sentimento que podemos ter é sentir no coração que Deus pode realizar aquele sonho que para muitos é impossível, mas para Deus não, porque quando eu não posso Deus pode.”

    AIAS
    Pelo Latim Ahias, do Hebraico Ahiyas
    “Amigos de Deus”